Mascar chiclete faz mal para os dentes? Mitos e Verdades

mascar-chiclete-faz-mal-para-os-dentes-dentista-ipanema

Mito ou verdade: mascar chiclete faz mal para os dentes? Conheça todos os males e benefícios do chiclete para a saúde bucal.

Crianças e adultos adoram chicletes, e o mercado oferece cada vez mais opções como gomas de mascar super coloridas, com formas divertidas ou sem açúcar e até os que prometem clarear os dentes.

Mas afinal, o ato de mascar chicletes faz mesmo mal à saúde bucal? Separamos algumas informações para você.

Chiclete limpa os dentes?

Bom, os chicletes podem trazer benefícios para a saúde bucal, pois mascar chicletes aumenta a salivação. A saliva equilibra o pH da boca, inibindo a ação das bactérias, que encontram mais dificuldade para se fixar nos dentes e fermentar os resíduos alimentares.

Porém, vale dizer que apenas os chicletes sem açúcar podem ser considerados úteis para a higiene bucal. Os chicletes sem açúcar são adoçados com xilitol, o que acaba protegendo os dentes da ação das bactérias que vivem na boca, já que elas não são capazes de fermentar essa substância xilitol, como fazem naturalmente com o açúcar.

Portanto, podemos dizer que o atrito da goma com os dentes faz uma limpeza superficial e logicamente não substitui a escovação e o fio dental, nem remove a placa bacteriana.

Chicletes causam mal hálito?

O frescor no hálito é passageiro. Quem sofre com periodontite, cáries ou restaurações danificadas tendem a piorar com chicletes.

E tem mais: o hábito constante de mastigar goma pode causar problemas gástricos, uma vez que estimula o aumento da produção do suco gástrico.

Chiclete clareia os dentes?

Chicletes com substâncias que prometem clareamento dental são tóxicas e podem queimar a gengiva.

Chiclete causa cáries?

Como falamos acima, chicletes sem açucar não causam cáries, porém alguns corantes e conservantes podem conter amido e carboidratos que causam o mesmo dano do açúcar. Alguns chicletes podem deixar o pH da boca mais ácido, o que também propicia o aparecimento de cáries.

Conclusão: Chiclete X Saúde Bucal:

Chicletes não resolvem problemas com mau hálito ou dentes escuros, muito menos substituem a escovação. São opções paliativas e que podem piorar outros problemas que talvez você desconheça por não manter uma frequência ao dentista.

Se você possui problemas e incômodos, lembre que o dentista é o profissional indicado a te ajudar. Marque a consulta dentária com nossos especialistas e com o cirurgião dentista Guilherme Rothier.

E saiba mais…


Afinal, do que é feito o chiclete?

Temos más notícias: quase tudo aquilo que você já ouviu falar sobre o chiclete é verdade. Sim, é feito de um derivado de petróleo; sim, estraga os dentes se contiver açúcar; e sim, pode trancar por dentro se for engolido, como sua mãe avisou milhares de vezes — confesse: por essa, você não esperava. A boa notícia: sem açúcar comum, ele pode mesmo limpar os dentes quando não der para escovar, graças ao xilitol, um adoçante presente na composição.

  • 1- A receita do grude é simples. A goma-base, a “borracha” que dá a consistência ao doce, é o principal ingrediente. Antes, a substância vinha da seiva de uma árvore. Hoje, é sintética, feita de vários derivados do petróleo, como resina e parafinas. Além dela, há porções menores de açúcar ou adoçante, xarope de glicose, corantes e aromatizantes.
  • 2- O açúcar é do tipo impalpável, tão pulverizado que fica parecendo um talco. O xarope de glicose adoça e deixa a goma mais pegajosa e macia. A goma-base é derretida a 90 ºC, e os ingredientes são jogados no misturador. Essa grande panela comporta até 1 tonelada de goma, que fica ali no mexe e remexe por 25 minutos.
  • 3- O passo seguinte é dar forma à maçaroca. Leia os próximos passos no artigo da Super Interessante.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Guilherme Rothier Odontologia (@clinicaguilhermerothier) a

WhatsApp Chat